História

Nome: Bonito

Código IBGE: 1501600

Mesorregião: Nordeste Paraense.

Microrregião: Bragantina

Município linistrofe: Nova Timboteua, Peixe Boi, Capanema, Ourém São Miguel do Guamá e Santa Maria.

Área: 587,497 Km²

Populaçao: 15 563 hab. (IBGE/2016)

Densidade: 26,49 hab.km²

Altitude: 49m

Clima: Tropical 

Bonito surgiu de um pequeno povoado chamado Açaizal, fundado por famílias evangélicas membros da Assembléia de Deus, a maioria vindas do nordeste do Brasil. Resumo narrado e transcrito por Samuel dos Santos Monteiro. Que chegou aqui em Bonito no dia 22 de junho de 1968, vindo de Belém do Pará onde residia, casou-se em 16 de outubro do mesmo ano com Raimunda Alves da Silva Monteiro. 

Diz o autor que, conversava muito com o irmão Juvêncio Santana, irmão do caçador Saturnino primeiro morador de Bonito, ele contava que seu irmão Saturnino, residia em São Miguel do Guamá, e de tempos em tempos reunia outros caçadores e vinha caçar nas densas matas virgens, faziam barracas improvisadas e passavam semanas e semanas caçando, salgavam as carnes das caças que matavam, e retornavam para São Miguel do Guamá. Certo dia ao acamparem-se as margens de um rio, o caçador Saturnino achou muito lindo o local e resolveu construir uma casa e passou a residir. Dizia o ancião Juvêncio, as pessoas ao vir visita-lo se agradavam do local, pois Saturnino era muito zeloso e em volta de sua casa era tudo limpo parecia uma praia. Passaram a chamar de sítio Bonito, que ficava localizado no perímetro onde hoje é a Travessa Açaizal, o local fica distante da atual Cidade uns 3 a 4 quilômetros. Onde hoje é a atual sede da Cidade de Bonito, foi formado um pequeno povoado e foi chamado de Açaizal que foi crescendo e outras famílias foram se radicando. E segundo relatório histórico feito pelo mui digno pastor José N. de Menezes que pastoreou a igreja Assembléia de Deus em Bonito no período de 14 de dezembro de 1952 à 01 de setembro de 1957, ele diz em seu relatório que: ?Em fins do ano de 1919 chegaram aqui os irmãos: Joaquim Amaro do Nascimento; Santos Carneiro; João Paraense com suas respectivas famílias, segundo José Menezes, foram eles que colonizaram o então povoado. em 1920 por sugestão do Sr. Joaquim Amaro o Povoado até então conhecido por Açaizal passou a ser chamado de Bonito. A significação genérica do termo Bonito constitui em qualificativo autônimo visto tratar-se de imensas matas virgens, lindos rios, verdadeira habitação de feras e outros animais, e qualquer pessoa que por aqui passasse era informada do novo nome, por tratar-se de os primeiros colonizadores serem evangélicos pertencentes à Assembleia de Deus, a 12 de julho de 1920, foi celebrado o primeiro culto evangélico pelo então Pastor Pedro Trajano, na casa do irmão Joaquim Amaro.? Neste mesmo ano de 1920 chegava Manoel Albino com sua família vindo do Ceará. 

Bonito começou a crescer com a chegada de famílias tanto evangélicas como católicas, tornando-se Vila e depois elevado à categoria de Distrito, segundo informação contida na Lei Orgânica de Bonito - LOMB. Bonito pertencia ao Município de São Miguel do Guamá, do qual foi desmembrada a maior parte física de seu território.

Em 1958, Bonito foi pela 1ª vez elevado à categoria de município sendo à época, o Marechal Alexandre Zacarias de Assunção, que nomeou o Sr. Deoclécio Godinho, como Prefeito Interino, até que fosse eleito o novo Prefeito. Naquele ano o Sr. Charles Assad foi eleito Prefeito Municipal, porém, não chegou a assumir o cargo, pois o General Joaquim Cardoso de Magalhães Barata, que também fora eleito Governador do estado naquele ano, (talvez por questão política, o gráfico é nosso) tornou sem efeito a emancipação do Município, que voltou novamente a ser Distrito de São Miguel do Guamá.

Entretanto, através da Lei nº 2.460 de 29 de dezembro de 1961, o Município de Bonito foi definitivamente emancipado. A lei foi publicada no Diário Oficial do Estado de nº 1975 de 30/12/1961, sendo o Dr. Aurélio Correa do Carmo o Governador do Estado, que nomeou o Sr. Antônio Gomes Ribeiro, como Prefeito Interino, até que em 1962, o Sr. Aristides José de Lima, fosse eleito pelo voto popular.

Sucessivamente foram eleitos a Prefeito os senhores Fued Assad; Maria Batista de Almeida Peixoto; Antonio Elias Neto (Tonico); Jamil Assad Neto (Jamilzinho); Antonio Elias Neto (Tonico) no seu 2º mandato; Dr. Wellington Leite dos Santos (Tonga); Dr. Cesar Augusto Assad; Dr. Wellington Leite dos Santos (Tonga) no seu 2º mandato; Jamil Assad Neto (Jamil Buchudo) por dois mandatos consecutivos; Antonio Correa Neto (Birunga) e o Sr. Silvio Mauro Rodrigues Mota, que é o atual Prefeito no seu último ano de mandato neste ano de 2016 e concorrerá a reeleição como prefeito.

O Município de Bonito localiza-se na Microrregião Bragantina, no nordeste paraense. Possui uma área de 286 Km² fica distante de Belém 145 Km, a qual se liga por rodovia. Limita-se com os Municípios de São Miguel do Guamá; Ourém; Capanema; Peixe-Boi e Nova Timboteua. É banhado pelos rios Peixe-Boi e Caeté.

Por ser um Município economicamente agrícola, a maioria de sua população está concentrada na área rural, com aproximadamente 11.500 habitantes, e 3.700 habitantes, na área urbana com uma população total 15.200 habitantes, aproximadamente.

A economia do Município está baseada na agricultura; pecuária e minério. Sendo produzido em escala comercial, a pimenta do reino; farinha de mandioca; fibra de malva; maracujá; laranja; milho; arroz e feijão, como cultura de subsistência. Na pecuária possui diversas fazendas de gado bovino e também pequenos criadores, e a Mejer Agroflorestal a maior produtora de Dendê produzindo em sua fábrica própria o azeite e outros produtos derivados do fruto, sendo a maior do nosso Estado, sendo expressiva sua produção. Também tem a Vale do Rio Doce, explorando diversos minérios na Travessa Boa Vista distante do centro da cidade 20 a 22 km calculadamente, tanto a Mejer como a Mineradora tem sido a causa do desenvolvimento econômico gerando diversos empregos à população, por conta disso o município está em fase de crescimento de sua população, vindo famílias de diversas regiões do país atraídas pela oportunidade de empregos que as empresas proporcionam as pessoas, que passaram a construir mais casas em alvenaria e o Bonito está em fase de crescimento.

Com a gestão do atual prefeito, Silvio Mauro, voltadas para o trabalho foi construído diversos prédios onde funcionam escolas, creches, postos de Saúde, Delegacia, quadras para esportes, áreas de laser, praças, abertura de novas ruas, construções de pontes e aterros com tubulações como diversas ruas asfaltadas e a estrada que liga a sede do município à Vila de Santo Antonio do Cumarú a maior Vila de nosso município o asfaltamento está em fase de conclusão.