9º CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE / BONITO-PA

Aos nove dias do mês de Abril de dois mil e dezenove das sete horas e trinta minutos  às dezoito horas, realizou-se a 9ª Conferência Municipal de Saúde do Bonito, sob a coordenação do conselho municipal de saúde do bonito, a Conferencia foi dividida em duas etapas, sendo a primeira pela parte da manhã, com mesa de autoridades, palestra magna, leitura e aprovação do regimento interno e trabalho em grupo, a segunda parte foi realizada pela parte da tarde  com plenária final, eleição dos delegados e homologação das propostas aprovadas nos trabalhos de grupos. O cerimonial da 9ª Conferência Municipal de Saúde do Bonito iniciou a composição da mesa de autoridades, com as seguintes autoridades: Paulo Jose Araújo Junior, presidente do conselho municipal de saúde, Ednilson Rodrigues de Sousa, Vice prefeito, Sinesio Oliveira Lima, representante da câmara de vereadores, Jose Oscar Peixoto, secretário de meio ambiente, Demora Monica Pinheiro, representante da secretaria de Educação, Daniela Mota da Costa, chefe de gabinete da prefeitura Municipal, Benedito Harrilson da Silva Oliveira representante do 4° CRS-Administrador/Doca. Foi iniciada a fala das autoridades presentes e depois de suas considerações, foi desfeita a mesa de autoridade, na sequência assumiu a mesa dos trabalhos para leitura do Regimento Interno onde foi informado que seria lido item por item, e os itens não destacados serão automaticamente aprovados. Na plenária foi realizada a palestra magna ministrada pelo Profº Olavo Alencar conselheiro estadual de saúde, que fez sua explanação dentro do tema exibindo um vídeo. A realização da 9ª Conferencia Municipal de Saúde do Bonito, foi estruturada a partir dos seguintes aspectos definidos pela Comissão Organizadora, conforme segue:
Discutir o Tema Central: “Democracia e saúde: Saúde como direito, consolidação e financiamento do SUS: Com enfoque na saúde como direito e na consolidação do sistema único de saúde”. – Os eixos temáticos da 9ª Conferencia Municipal de Saúde do Bonito, são: I –Participação Social: Debate e Proposição Qualificados. II – Financiamento e Gestão- Lei Complementar nº 141/2012 – SUS Legal. II – Intersetorialidade: Articular para Ampliar. IV – Informação e Comunicação: Processo Permanente e Continuado. V – Conhecimento da Legislação da Saúde e das Normas Estruturantes do SUS: Aprimoramento. Em todas as discussões dos temas foram com base nas competências Regionais, União, e do Estado. Para a escolha do tema central e dos eixos temáticos foram usados a recomendação da conferência estadual; PARTICIPAÇÃO: A participação na 9ª Conferencia Municipal de Saúde do Bonito foi aberta a toda a sociedade. A mobilização para a participação foi realizada através de divulgação sonora  pelos meios de comunicação locais. Também foram impressos copias do decreto que foram expostos em todas as unidades de saúde, Prefeitura Municipal, nos estabelecimentos comerciais, nas igrejas, escolas e demais pontos estratégicos; CREDENCIAMENTO: O credenciamento foi organizado através de listagens  por seguimentos  usuários, trabalhadores, observadores e gestor/prestadores. A atividade foi realizada no dia da Conferencia e iniciado às 8:00h  na Colorado Shows e Eventos, localizada na Av. Charles Assad s/n no Bairro Centro de Bonito-Pa. No momento do credenciamento, cada delegado recebeu pasta com Regimento, materiais alusivos a Conferência e o crachá; GRUPOS DE TRABALHO: A formação de grupos de trabalho objetivou discussão dos eixos temáticos e foram organizados conforme segue:
I –Participação social: debate e proposição qualificados. II – Financiamento e gestão- lei complementar nº 141/2012 – SUS legal . III – Intersetorialidade: articular para ampliar. IV – Informação e comunicação: processo permanente e continuado. V – Conhecimento da Legislação da Saúde e das Normas Estruturantes do SUS: Aprimoramento. Os grupos de trabalho se reuniram para discutir o eixo temático previamente definido. Foram organizados quatro grupos de discussão. Cada grupo contou com a recepção de dois profissionais de saúde que iniciaram os trabalhos orientando a necessidade de um coordenador e um relator. Após a escolha os grupos discutiram os avanços alcançados e sistematizaram as prioridades que o grupo identifica; ELEIÇÃO DOS DELEGADOS: A comissão organizadora separou os seguimentos usuários, trabalhadores e gestor prestador, para que cada seguimento definisse a melhor forma de eleição dos delegados para participarem da Conferencia Estadual de Saúde do Pará; CONFERENCIA FINAL: Para a discussão na Conferencia final todos os participantes retornaram ao plenário. Cada grupo apresentou oralmente as prioridades. Cada eixo temático contou com a apresentação dos grupos. Após a apresentação do grupo foi homologadas as seguintes  propostas:

  1. O estado e o governo Federal contemplem o município com o congresso multidisciplinar em saúde, abrangendo temas de interesse da população, como doenças crônicas, gravidez na adolescência, depressão, suicídio, doenças sexualmente transmissíveis entre outros. Envolvendo todo o corpo técnico da saúde.
  2. O CES/PA realize reuniões ordinárias regionalizadas.
  3. Que o Estado, através das secretarias competentes realize capacitação continuada com o intuito de qualificar os usuários; Direitos/ Deveres, higiene etc…
  4. Que o CES/PA realize conferências livres para o controle social.
  5. Que o Estado implante salas de Raios-X e equipes qualificadas nas UBS’s de forma regionalizadas.
  6. Que o Estado implante nas UBS’s uma unidade do SAMU.
  7. Que o Estado amplie os recursos destinados a compra de medicamentos para a atenção básica.
  8. Que o Estado implante nas UBS’S uma sala de parto com equipe preparada: Médicos, Enfermeiros e Técnicos de Enfermagem.
  9. Que o Estado amplie o valor destinado ao TFD.
  10. Oferta de curso via SESPA como; Relações interpessoais, informações da atuação dos entes envolvidos no processo ( usuário e prestador de serviço), bem como articular para que melhor seja atendido o usuário no sentido das marcações de exames simples e complexas e ampliar o número de consultas oferecidas pelo SUS.
  11. Que as duas esferas de Governo disponibilizem meios para que os usuários do sistema SUS possam ser melhor atendidos de forma equânime.
  12. Articular junto ao estado uma forma para que o atendimento via cartão SUS seja ampliado e usuários possam usufruir deste, no âmbito nacional sempre que precisar.
  13. Criação de um centro de recuperação para dependentes químicos.
  14. Ampliar e facilitar a oferta de medicamentos controlados e oportunizar aos usuário mais comodidade.
  15. Que o governo federal utilize os médicos das forças nacionais (Marinha, Aeronáutica e exercito) para atender as demandas dos municípios de difícil acesso.
  16. Garantir a realização de congresso regionalizada para qualificação profissional e garantir a capacitação regionalizada para as equipes do programa saúde na escola.

Na sequencia foram apresentados os nomes dos delegados eleitos para a etapa estadual sendo:

MARIA JOSE COSTA DE LIMA- USUARIO     

RG: 2072656  CPF: 038.556.212-84   FONE: 99916-8082

MAIL: lucassantoscarvalho@gmail.com

 

TEREZINHA MARIA DOS S. CARVALHO -USUARIO

RG: 3646441  CPF: 598.073.342-68  FONE: 98200-2343

 

GESILEIDE DA SILVA RIBEIRO- SUPLENTE

RG: 6913180     CPF: 401.349.382-91  FONE: 98161-2376

EMAIL: nicedosanjos1@hotmail.com

 

ANTONIO FERNANDO DOS SANTOS – TRABALHADOR

RG: 440001 CPF: 737.088.012-53 FONE: 98111-4516

EMAIL: afs_antonio@yahoo.com.br

 

ADAYANE DO SOCORRO ALVES GUERREIRO – SUPLENTE

RG: 7022716 CPF: 545.630.972-68 FONE: 99286-1241

 

ANTONIA ADRIANA OLIVEIRA FARIAS – GESTOR

RG:4070392    CPF:664.328.632-87    FONE: 98255-9232

EMAIL: dricaf.f@hotmail.com

 

ANA PAULA LIMA DE FREITAS – SUPLENTE

RG:                  CPF:     FONE:    EMAIL:

Depois de homologados as propostas e dos delegados foi realizada a votação do Conselho Municipal de Saúde biênio 2019/2021, havendo apenas uma chapa inscrita, a nova diretoria do Conselho Municipal de Saúde foi eleita por aclamação, tendo as seguintes entidades sendo representadas:

1 – Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Pará – SINTEPP

2 – Associações do desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente de Bonito – ADSAMB

3 – Associação dos Agricultores Rurais da Trans estiva e Cuxiú – AARTEC

4 – Associação da Comunidade Quilombola do Cuxiú – ACQC

5 –  Igreja Católica- Paroquia de São Pedro Apostolo

6 – Pastoral da Criança

a mesa de encerramento que depois de todas as falas, as 18:00hs foi dada por encerrada a 9ª Conferencia Municipal de Saúde de Bonito.

 

Bonito – PA, 09 Abril de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Accessibility